22/10/2011

Você sabe falar "NÃO"


Falar "NÃO" para alguém seja para a família, amigos, parentes ou vizinhos, nem sempre é fácil.

Quantas vezes você por não querer falar Não, se comprometeu com alguém, e não pode cumprir o prometido.
Ou, teve muitos problemas financeiros, desavenças familiar, porque teve medo de falar Não, e perder a amizades de alguém.

Isso é mais comum que imaginamos.

Ás vezes de medo de perder a amizades de alguém, o amor do companheiro e do filho, a mulher, diz amém para tudo, e depois mais tarde ela para e vê que foi tudo em vão. Ela ficou na pior.

Aprendi na minha vida que dizer Não, muitas vezes é preciso. Doa a quem doer.
E que as pessoas tem que gostar de nós, pelo que somos, e não pelo que fazemos á elas.

Muitas vezes não estamos em condições de fazer aquele favor, de hospedar alguém em nossa casa, de emprestar aquele dinheiro, sair ou visitar alguém... Todos nós somos limitados.
Mas muitas vezes não queremos admitir.

É preciso sim, dizer Não.
Nem sempre é fácil.

Mas confesso que depois que aprendi a lição, hoje tenho uma vida melhor. Tenho minha consciência tranquila, pois só faço o que está no eu alcance, e com isso sei, que as poucas pessoas que me rodeiam, é porque realmente gostam mim.

Por experiência própria, vou dizer uma coisa: 
- Já perdi muitas "amigas" por dizer não!
Fiquei triste, mas naquele momento, vi que não eram então,  amizades de verdade.
Pois amiga de verdade, respeita seu limite.

Então?
Você sabe dizer "NÃO"?

Já sofreu uma conseqüência, por conta disso?

Compartilhe conosco, sua história.
Não precisa se identificar. Comente como anônimo.


10 Comentários :

  1. Anônimo22.10.11

    Quero comentar.
    sabia falar não para minha família, mas para a família dpo meu marido não sabia.
    Resultado.
    Quase me separei, e com todos os gostos que fiz pra família do meu marido, eles continuaram não gostando de mim.
    Temos que falar não sempre que necessário.

    ResponderExcluir
  2. NECESSARIO SIM...MUITAS VEZES...APRENDI COM O PAI DE UMA AMIGA MINHA...ELE RECEBIA UMA PESSOA EM SUA CASA QUE INSISTIA P/Q ELE FOSSE SEU AVALISTA EM UMA IMOBOLIARIA, EM FIM...ELE DISSE NÃO...QUANDO A PESSOA SAIU ELE OLHOU P/MIM E DISSE:
    -FILHA FIQUE 5 MINUTOS VERMELHA DE VERGONHA MAS DIGA NÃO
    PQ SE VC NÃO DISSER FICARÁ 5 ANOS VERMELHA DE RAIVA.....

    ACHEI O MAXIMO....EU ERA NOVINHA E VI Q A SABEDORIA DELE ESTAVA CERTA...
    BJUUUUUUUUUUU

    ResponderExcluir
  3. OLÁ QUERIDA SILMARA!
    FALAR NÃO NAS HORAS CERTAS EU SEMPRE FALO , DOA A QUEM DOER, NÃO ME PREOCUPO MESMO.

    BEIJÃO, ÓTIMO FIM DE SEMANA!

    ResponderExcluir
  4. Otimo fds pra vc tbm!
    Chuva e frio, bom p ficar na cama vendo tv!
    Bjs querida!

    ResponderExcluir
  5. Olá. Parece muitas vezes fácil dizer um simples NÃO! Mas é em umas situações a coisa mais triste em dizê-la. Principalmente a um filho, como vc já disse. Mas sabe, durante a minha vida, já tive muitos problemas em dizer Não, quando dizia Sim. Um sim mal feito, passei boa parte de minha adolescência cuidando de três sobrinhas para a minha irmã. Enquanto muitas vezes ela ia a festas. Até quando comecei a namorar ela fazia proveito da minha falsa aceitação naquela situação. Até que um dia eu emfim, disse não. Mas sabe não foi tão chocante para ela. Nem deu bola. Enquanto para mim, foi a carta de alforria. Triste não é? E hoje eu aprendi que para dizer o NÃO, o SIM precisa estar bem aceito. Não hesito mais em dizê-lo. Mas um NÃO com fundamentos, não o digo por dizer. Gostei muito do seu post. Passei aqui hj para convidá-la a participar de uma promoção legal no meu blog; aparece lá! ABraço, Nil :)

    ResponderExcluir
  6. Minha cunhada Sandra, sempre me diz: A boca que diz sim, diz não. Ela tem razão, pois as pessoas quando descobrem esse seu ponto fraco, abusam dessa sua fraqueza. Falo isso por experiência própria. Bom final de semana querida.

    ResponderExcluir
  7. Oi Silmara,

    É verdade, dizer não custa, mas também aprendi depois de levar muitos prejuízos.

    Mas um em especial, me custou muito, o primeiro, por não dizer não ao invés do errado sim, emprestei um cartão de crédito a um amigo de trabalho, que gastou todo o limite, (1500,00 reais em 2007) sem a menor cerimônia, e quando eu fui de férias para o Brasil a primeira vez depois que vim morar aqui, tive a maior surpresa, meu nome estava no SPC/SERASA e a dívida passava R$ 5000,00, isso mesmo! E fiquei sabendo porque veio um cobrador em pessoa na casa dos meus pais a minha procura!!! Imaginem a vergonha que eu senti. Aí fui entrar em contato com a pessoa, e ela me tratou por telefone como se eu é que tivesse feito isso com ele, ao invés dele ter sujado meu nome e não me ter avisado.

    Resultado, o dinheiro que eu tinha levado para passear, presentear meus queridos familiares, foi para pagar a dívida, e ainda quando voltei mandei o resto do dinheiro, e a pessoa mudou de casa, de telefone e de cidade, nem sei onde vive, se é que ainda está vivo.

    Mas eu acredito que tudo o que agente passa, serve de lição de vida, e se formos espertos, servem de lição para não deixar acontecer novamente.

    Beijinhos,
    Sandra

    ResponderExcluir
  8. Já tive grande dificuldade em dizer "Não". Soava a palavrão.
    Hoje , não.
    Cresci e tenho, além de algumas rugas, a segurança necessária para dizer "Não" sempre que é necessário.
    Beijo da Nina

    ResponderExcluir
  9. Eu e minha familia precisamos aprender a dizer Não.Faço salgados e massa para vender compram e demoram a pagar tenho que ficar ligando,acho muito chato.O que eu puder fazer por alguem faço de todo coração mais infelizmente os "amigos "(falsos)se aproveitam.Mais na hora de sair passear ou shoping ninguem se lembra de mim.logico que tudo isto me chateia muito,mais vejo quem perde mais e a pessoa que esta aprontando com a gente.Se plantou mal vai colher mal.

    ResponderExcluir
  10. Muitas vezes eu disse SIM quando na realidade queria dizer NÃO...Hoje consigo dizer NÃO com muito mais convicção.
    Bjos

    ResponderExcluir