7

26.3.15

Empreste sua voz a quem não pode se defender


“Esta semana fui ao centro da cidade, e quando passava pela calçada vi um gatinho abandonado. Entrei em desespero, porque eu não podia trazê-lo comigo, em casa só tem cachorros. Mas eu precisava fazer alguma coisa pra salvar aquele gatinho, antes que ele saísse no meio da avenida e carro atropelasse.
Passei nas lojas, na farmácia da cidade e contava para as pessoas e dizia que se alguém pudesse levasse ele pra casa!
Pedi tanto a Deus que na hora que eu retornasse lá, alguém já tivesse o levado.
Quando voltei, ele já não estava mais. As pessoas falaram que alguém tinha o levado.
Agradeci a Deus por isso!”

Infelizmente não consigo cuidar de todos os animais que precisam de ajuda.
Mas o que posso, eu e meu marido fazemos. Muitas das vezes deixo de comprar alguma coisa pra mim, pensando neles.
Tem dia que são cinco horas da manhã eu estou cuidando de alguns animais que estão na rua.

O Negão (foto acima), por exemplo, eu e meu marido cuidamos dele por quase três anos na rua.
Ele era um querido nosso.

Todos os dias ao amanhecer e ao começar cair da noite, ele chegava e batia em minha porta pedindo água e ração.
Comia, brincava e depois se ia. Na verdade ele morava numa comunidade vizinha. Foi assim por quase três anos.

Até que passaram semanas, semanas, meses, meses e não tivemos mais aquela batidinha na porta.
Eu e meu marido saímos em busca de notícias dele, mas nunca mais ele foi visto onde acostumava viver.
Ele já era um cão idoso. Alguns disseram que ele se foi pra sempre.

Mas a vida difícil dos seus amiguinhos que são abandonados continua.
E eu não paro de lutar e ajudar naquilo que consigo que é muito pouco, ainda.


“Eu não nasci protetora dos animais, mas me tornei no decorrer dos anos. Nunca é tarde para mudar.”
                                                                                              Silmara Freitas

1 Comentários :

  1. Amooo os meus filhos de 4 patas.
    Tive uma cadelinha adotada q hj nao ta mais comigo mas estou com a filha e o neto dela, hehe.
    Fora os dois ainda tenho outras duas adotadas e mais um gatinho q tbm foi adotado.
    sao os meus amores.
    Ainda damos comida para alguns 'agregados' qchegam no portao.
    Beijos
    boracozinhar-lu.blogspot.com

    ResponderExcluir